Sem horas e sem dores,

sejam bem vindos.

Onde foi parar o conteúdo?'


Jaz.
Sete palmos abaixo do chão,
ou
sete palmos acima do céu;
mas jaz.

Não se ouve mais coloquiais conversas,
mal se ouve Vinicius em bares "modernos",

digo triste: -meu lamento é ser artista
se grande parte do mundo sequer entende ou aprecia.

Os espaços se empilham no vazio, o silêncio se torna mais recomendável a alguns.

Nosso idioma solicita por obséquio o respeito. Ao menos.

...

"Com as lágrimas do tempo e a cal do meu dia eu fiz o cimento da minha poesia. Vinicius de Moraes."

2 Comentários:

Luiz Veloso disse...

as pessoas tem sim que aprender a respeitar os cabelos brancos desses gênios!
muito bom o texto!!

Ediane disse...

Artistas têm uma visão diferente das coisas, a qual admiro e respeito muito! Tb adorei o texto!

Postar um comentário

........................................: OnDe mE aChA! :........................................

TWITTER: http://twitter.com/Sir_Otavio
ORKUT: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=13746541447095137404
______________________________________________________________________________