Sem horas e sem dores,

sejam bem vindos.

LÁ de CimA!


Eu nem sinto mais meus pés...
Cheios de andar no nada, na água de meus pensamentos...

Busco o chão e o universo na imensidão dos teus seios
E me encontro num paganismo tão puro quanto teus lábios.
E assim
Nunca encontro o que busco.

Se perdendo em teus lábios e em tuas palavras,
Termina minha escrita se tornando clichê do tempo, se refazendo, se reescrevendo, se relendo...
Sempre.

Infinitamente.

Quando é que acaba o mundo?
O mundo acaba quando entramos no nosso diário estado de SONHO...

Lá o mundo pára de existir, e nosso voraz atrito se desfaz... Lá nos abraçamos num tempo tão infinito quanto minhas 6 horas diárias de sono.

Ah! Como queria morrer sonhando, morrer abraçado contigo...
Minha voz ecoando no nosso quarto... E teus gritos de prazer ficando aos poucos mudos ao mundo...
Mundanamente perfeito... Insatisfatoriamente bonito.

Nossa loucura nos consumia... E sua retração me atiçava...
Nossas saudades pouco se eternizavam... Mas nosso abraço de todo se consumia.

E assim a gente ia...

Voando em nossa terrinha cercada de água e com uma bandeirinha no meio...
Tudo em preto e branco.

Foi lá em cima... Contigo... No meu(nosso) sonho...
Que perdi meu chão
Que parei de sentir meus pés
.
.
.

Ossanha


No silencio quebradiço... Em nossa ilha eu ouço tua voz
Emergindo lá do fundo, me cantando em harmonia
Me chamando em poesia e atraindo sem controle
Meus pés que andam sozinhos em tua direção.

...

- A ossanha tocou, cê me chamou?

...

Atraido pela mediocridade
Fascinado pela digna maldade
que a ti foi dedicada plena

um vinho branco, um beijo pra jantar...
quem convida um estranho, me chamou
O naufragio se temeu, foi se banhar
longe daqueles que não choram de amor

"Sereia que me canta, tua canção nunca cantei
E não te encanta o meu canto, mas eu canto meu amor no ar
Então vai pro teu canto, e me deixa cantarolando
Pois quando vc precisar dormir, EU vou estar lá pra cantar..."

...

- A ossanha não tocou, meu canto é que te chama.

...
...
...

Vamos fazer um bom negocio pra se algum dia o meu ocio ainda quiser te amar...

IntercalandoOoOo...

MORTE

A vida e o fim (a morte) são como paqueras... Se apreciam, percebem-se mesmo distantes... esperando o momento certo de se encontrar... e quando se encontram, se consomem.

A morte é o fim de tudo, uma vez que o tudo é o nada. Ou o tudo é uma coisa só? Ninguém afirma com total certeza e clareza...

A afirmação da conclusão tirada pelo tempo sobre isso, é que a vida vem e vai... e os únicos que acompanham esse pêndulo supremo são o tempo e o vento.
A clareza de versos poéticos não são suficientes para relatar sobre o tempo; o tempo é nosso maior presente.
Está no nosso futuro, está no nosso presente... Vivemos o tempo.

-Me disseram, uma vez, que o tempo fala com a gente.
-É verdade?
-É...

O tempo se comunica através do passado. O tempo nos ensina, mas apenas se quisermos aprender.
A história dos gloriosos e memoráveis momentos são os fatos que consecutiram nosso tempo.

HISTÓRIA

Minhã mãe não costumava ler pra eu dormir... Eu inventava então minhas próprias histórias, e era incrível como me divertia com minha criatividade.
Criava meus super-hérois... Me fazia de super-herói.

"Lembro-me uma vez, quando era pequeno, comprei um daqueles chicletes que vinham com um anel.
Tinha de várias cores; lembro que comprei um anel azul. Não me recordo perfeitamente do meu 'codinome de herói' mas lembro que era algo envolvido com águia.
Minha mãe havia saído e estava chovendo. Então fiquei parado na cozinha, com a mão levantada e jurando que faria parar a chuva. Passei muito tempo lá me concentrando fortemente para meu 'poder' ascender.
Quando a chuva veio a cessar, eu já estava com o braço dormente de tanto apontar para a janela alta da cozinha, por onde assistia a chuva. Mas a alegria que tive naquela hora superava qualquer dormência... Era suprema. Dali então percebi que podia ser tudo o que queria, em minha mente."


MENTE


Você não cansa de mentir pra mim... Já aguentei demais...

"Eu quero paz.
Já me cansei de ser a única a saber de ti... Se todo mundo sabe quem te faz chegar mais tarde, eu já cansei de imaginar você com ela, diz pra mim se vale a pena amor?! A gente ria tanto..." LH (eterno).

TANTO

Tanto que escrevo e não encontro minha excelência... Quem dera ter criatividade suficiente para fazer meu livro tão sonhado. Mas tudo na sua hora.
Acredito que minha mente irá trabalhar muito com palavras ainda, afinal, compôr é minha vida, meu refúgio do mundo e do real.
Tanto que sonhei e hoje alcancei um 'tantinho' desse tanto já... Não posso parar. Não pode parar.

"O mundo gira, o mundo é uma bola!" já dizia o brega da banda Kitara :p

oO゚°.¸¸.*

Enfim... Tudo é uma moção de engrenagens. Moção... Movimento... Tração... Proximidade... Junção... União. Vida. Morte. Tudo.

...
...
...

(continua)

Perfeito. O mundo precisa ver isso.

http://www.youtube.com/watch?v=lSwCOs-uXzU&feature=related

Por favor, pessoal... Assistam. E quem gostar, espalhe pra seus contatos. O mundo precisa ver essa peça. O mundo precisa ser tocado por Deus.

É de inspiração

É de vontade que se escreve
É de comunhão que se faz paz
É de voz que se faz minha canção
É de "você" que o amor me faz

É de vento que se faz meus planos
Porque de "você" meus planos construí
É de saudade que se faz meus momentos agora
Porque era com você que, sem motivo algum, tudo me fazia sorrir.

E o amor que de você me faz nem vive mais
Porque sem ti não há razão, querida.
É de saudade que se faz minha inspiração
E é de inspiração que faço meus textos...
e sigo minha vida.

Em branco

De tanto se mostrar, teu amor se fez carnal
E me tocou de forma tal que eu nem pude mais andar
rastejando, foi embora minha forma de pensar
Que de tanto que te amou, meu coração se esvaziou de todo e qualquer mal.

Minha vida desmaiou, e mesmo adormecida
meu resumo incompleto se fez mais do que geral
as idéias reunidas se mostraram mais que solidas, tal
como nosso amor...

Eu te amo e essa frase não demonstra nem um quarto
do que é essa agonia que quer te ter sempre por perto
Quando um grito lá de dentro vem com força te chamando
Tudo parece sempre estar mais que certo.

O meu jogo de palavras já nem se completa mais
Meu caderno está em branco, procurando o que falar
Minha forma de expressão desinibida....
foge da razão...
Minhas pernas fadigadas por correr atrás do nosso infinito.

O meu tempo se agiliza atropelando seus segundos
E os minutos já são mais que assustadores
Minha forma de carinho se resume a teu cuidado
E cheia de vida minha vida se acaba.

........................................: OnDe mE aChA! :........................................

TWITTER: http://twitter.com/Sir_Otavio
ORKUT: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=13746541447095137404
______________________________________________________________________________