Sem horas e sem dores,

sejam bem vindos.

IntercalandoOoOo...

MORTE

A vida e o fim (a morte) são como paqueras... Se apreciam, percebem-se mesmo distantes... esperando o momento certo de se encontrar... e quando se encontram, se consomem.

A morte é o fim de tudo, uma vez que o tudo é o nada. Ou o tudo é uma coisa só? Ninguém afirma com total certeza e clareza...

A afirmação da conclusão tirada pelo tempo sobre isso, é que a vida vem e vai... e os únicos que acompanham esse pêndulo supremo são o tempo e o vento.
A clareza de versos poéticos não são suficientes para relatar sobre o tempo; o tempo é nosso maior presente.
Está no nosso futuro, está no nosso presente... Vivemos o tempo.

-Me disseram, uma vez, que o tempo fala com a gente.
-É verdade?
-É...

O tempo se comunica através do passado. O tempo nos ensina, mas apenas se quisermos aprender.
A história dos gloriosos e memoráveis momentos são os fatos que consecutiram nosso tempo.

HISTÓRIA

Minhã mãe não costumava ler pra eu dormir... Eu inventava então minhas próprias histórias, e era incrível como me divertia com minha criatividade.
Criava meus super-hérois... Me fazia de super-herói.

"Lembro-me uma vez, quando era pequeno, comprei um daqueles chicletes que vinham com um anel.
Tinha de várias cores; lembro que comprei um anel azul. Não me recordo perfeitamente do meu 'codinome de herói' mas lembro que era algo envolvido com águia.
Minha mãe havia saído e estava chovendo. Então fiquei parado na cozinha, com a mão levantada e jurando que faria parar a chuva. Passei muito tempo lá me concentrando fortemente para meu 'poder' ascender.
Quando a chuva veio a cessar, eu já estava com o braço dormente de tanto apontar para a janela alta da cozinha, por onde assistia a chuva. Mas a alegria que tive naquela hora superava qualquer dormência... Era suprema. Dali então percebi que podia ser tudo o que queria, em minha mente."


MENTE


Você não cansa de mentir pra mim... Já aguentei demais...

"Eu quero paz.
Já me cansei de ser a única a saber de ti... Se todo mundo sabe quem te faz chegar mais tarde, eu já cansei de imaginar você com ela, diz pra mim se vale a pena amor?! A gente ria tanto..." LH (eterno).

TANTO

Tanto que escrevo e não encontro minha excelência... Quem dera ter criatividade suficiente para fazer meu livro tão sonhado. Mas tudo na sua hora.
Acredito que minha mente irá trabalhar muito com palavras ainda, afinal, compôr é minha vida, meu refúgio do mundo e do real.
Tanto que sonhei e hoje alcancei um 'tantinho' desse tanto já... Não posso parar. Não pode parar.

"O mundo gira, o mundo é uma bola!" já dizia o brega da banda Kitara :p

oO゚°.¸¸.*

Enfim... Tudo é uma moção de engrenagens. Moção... Movimento... Tração... Proximidade... Junção... União. Vida. Morte. Tudo.

...
...
...

(continua)

3 Comentários:

Nine disse...

Uau!!!

INCRÍVEL!!!!

Eu vou querer esse livro sim...

Tudo se interconecta de uma forma assustadora... Uma coisa, inferindo na outra, significados tão abrangentes, e intrinsecos, que fica dificil distinguir, onde uma termina e a outra começa...
Se é que há algum começo...

Tenho tentado abolir o mecanicismo de mim...

AbraçoOOOO...

Ediane disse...

Eu adorei demais! Principalmente o anel azul, tão bonitinho! Lembrei das fotos na festa e idas à praia nos albuns dos Velosos. Vcs tiveram uma infância muito bonita, eu adorei ver as fotos de vcs pequenos! E parabéns pelo conceito de morte, poético!

Nine disse...

Opa!!!

Fico lislonjeada em ter um fã tão talentoso!!!

Sou fã do seu talento também!!!

ninedesouza@gmail.com

depois eu apago o comentário tá certo?
pro meu e-mail naum ficar aí a toa na net!

heheheh

Postar um comentário

........................................: OnDe mE aChA! :........................................

TWITTER: http://twitter.com/Sir_Otavio
ORKUT: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=13746541447095137404
______________________________________________________________________________